DicasGestão

Seu problema é com o perfil e não com o funcionário

Me lembro que a primeira vez que ouvi esta frase foi no curso de pós-graduação em Administração Financeira no módulo de Recursos Humanos, aliás foi neste curso que quis me aprofundar mais sobre o assunto Gestão de Pessoas, neste dia não botei muita fé nas palavras da professora até porque não enfrentara nenhum problema do tipo até então, mas alguns anos depois fez muito sentido.

O que ela quis dizer foi que em cada organização, empresa, loja, escritório, sempre terão determinados tipos de perfil de pessoas que ali trabalham. Por exemplo, se você fizer uma seleção de 10 pessoas que você julga serem muito enérgicas, bravas, nervosas e as colocarem em uma sala para resolver um problema e ficar observando por algumas horas, perceberá que uma delas assumirá um papel de mediadora, outra de pacificadora, outra de ser a “do contra” e outra que ficará mais assistindo e que se envolverá mais na operacionalização do que do debate.

Ou seja, mesmo todas elas tendo o perfil parecido, elas assumirão papéis diferentes naturalmente.

É do ser humano se adaptar desta forma.

Em resumo, antes de achar que seu problema pode estar em um único funcionário e que o substituir será a solução de todos os seus problemas, pode ser que a questão seja o ambiente que sua empresa está gerando (pressão, muita cobrança, bagunça, barulho, fofocas, etc.) ou até mesmo cultural.

Para estruturar uma equipe de alta performance é preciso saber mesclar os tipos de perfil, modelo de preferências (falaremos mais sobre este assunto) e os tipos de liderança para que tudo funcione de maneira mais fluída, afinal de contas equipe perfeita além de ser um ponto de vista, é utópico.

E você já pensou em montar uma equipe de alta performance hoje?

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *