GestãoReflexões

Crise existencial empreendedora

Há quem diga que há uma fase entre os 30 e 40 anos que as pessoas enfrentam uma segunda crise existencial (a primeira normalmente é na adolescência) em que tudo o que foi feito até este momento da vida será questionado num verdadeiro balanço entre o que “deu certo” e o que “deu errado”.

Muitos empreendedores vão passar por esta fase e neste balanço entrará com certeza o aspecto profissional. Entre tantas conclusões que essas pessoas chegam depois de algumas centenas de horas pensando, tem uma que dirá: isso não está bom e tem que mudar.

É aí que virão mais algumas várias horas de dores de cabeça, papos com amigos, pesquisas, etc e etc para encontrar o novo norte que guiará esta fase de mudanças.

Dia após dia nossos clientes vêm atrás de consultoria em busca destas respostas e a única que vão ouvir de mim será: eu não tenho nenhuma resposta, mas tenho várias outras perguntas.

Como se já não bastassem as milhares de perguntas que estes microempresários possuem, eu ainda vou colocar mais questionamentos em jogo?

Sim! Porque assim como num trabalho de conclusão de curso ou numa tese de mestrado, com as perguntas certas podemos vislumbrar cenários bem interessantes no caminho da busca pelas respostas.

E aos poucos conseguimos desenhar esta nova identidade, tanto do empreendedor quanto do seu negócio.

Para quem usa o Spotify, aqui vai um link bem interessante de podcast que pode te ajudar nesta reflexão de novo propósito de vida. Ir para o podcast

E aí, já descobriu quem é você e o qual o futuro do seu negócio hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *