InovaçãoReflexões

Amole seu machado

Tem uma história que eu li no começo da minha carreira. Ainda era estagiário na época, mas lembro-me dessa história até hoje.

Tratava-se de dois lenhadores: um jovem e o outro mais experiente.

Certo dia um fazendeiro propôs uma disputa em que quem cortasse mais madeira ao final do dia, venceria.

O mais jovem logo se aprontou e começou a cortar a lenha, um pouco depois o lenhador mais velho iniciou seus trabalhos nas pilhas de toras.

O jovem era realmente muito rápido, não parava de cortar. Não parou nem para beber água enquanto reparava que vez e outra seu oponente parava para descansar.

lenhador2.jpg

Ao final do dia o fazendeiro verificou que quem vencera tal disputa fora o lenhador mais experiente. Indignado, o jovem lenhador logo questionou o mais velho:

“Eu cortei lenha o dia todo, não parei nem para beber água e sempre que eu olhava você estava descansando! Como conseguiu cortar mais lenha que eu?”- disse ele.

O velho respondeu: é que enquanto descansava eu amolava o machado.

Quantas vezes como empresários não ficamos horas, dias, meses… trabalhando arduamente em uma tarefa sem descansar. E por quantas vezes não poderíamos ter parado para analisar a situação, refletir sobre as ações tomadas, averiguar resultados iniciais antes de prosseguir.

E você já amolou seu machado hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *